Estudantes ocupam reitoria da Rural e exigem melhorias na universidade

Alunos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) ocupam, desde a a noite desta quarta-feira, o prédio da reitoria da faculdade. Segundo o Diretório Central de Estudantes (DCE-Rural), o objetivo da iniciativa é forçar melhorias no campus da universidade, que fica em Serópedica, na Baixada Fluminense. As principais reclamações são em relação à infra-estrutura e à falta de segurança no local.

ocupacao.jpg

A ocupação aconteceu logo após uma assembleia que contou a participação de alunos de diversos cursos. Por volta de 20h, após deliberação, um grupo de cerca de 150 pessoas – de acordo com os líderes do movimento – se dirigiu à reitoria. No fim da noite, aproximadamente 60 universitários continuavam no prédio.

– Fizemos um dossiê contendo todos os problemas estruturais da universidade. A gente tem uma média de um roubo por dia no interior do campus, com casos de assalto à mão armada e até estupro. Temos um prédio que está sem água há três anos, e mesmo assim recebe aulas normalmente. Isso sem falar na falta de professores… Um dos cursos, o de Engenharia de Materiais, está ameaçando fechar as portas – enumera Pâmela Martins, de 20 anos, coordenadora-geral do DCE e aluna do quarto período do curso de Relações Internacionais.

Ainda segundo os organizadores, a ocupação aconteceu de forma pacífica, e nada foi nem será depredado na reitoria. Os alunos da Rural afirmam, ainda, que só sairão do prédio depois que o reitor aceitar assinar um compromisso, com reconhecimento em cartório, de realizar melhorias na universidade. Até o momento, a Universidade Rural ainda não se manifestou.

Fonte: Jornal Extra

2 comments

Deixe uma resposta