Maternidade será reinaugurada em dezembro

Secretaria Municipal de Saúde anuncia que unidade vai passar a fazer cirurgias ginecológicas

As obras de reforma da Maternidade Municipal de Seropédica estão em ritmo acelerado, já que a Secretaria Municipal de Saúde anunciou que pretende entregá-la à população ainda esse ano. De acordo com o secretário de Obras, Fernando  Barros a unidade está sendo reconstruída de forma a atender a todas as exigências da Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde. “Não estamos apenas consertando o telhado, e sim, realizando uma reforma que garanta a duração do serviço. Ao invés de consertarmos o telhado, para sanar e prevenir o problema, a reforma incluirá a instalação de uma laje, entre outras benfeitorias que serão feitas no local para garantir a qualidade ao atendimento e também garantir um atendimento humanizado as gestantes e bebês”, afirmou o secretário.

A reforma da maternidade teve início em junho e tem previsão de inauguração para dezembro próximo. O local receberá além da instalação de uma laje, o aumento no número de leitos de 20 para 25, aquisição de camas PPPs para a realização de partos humanizados e a construção do terceiro centro cirúrgico.

Segundo o secretário de Saúde Alexandre Passos, a maternidade contará também com locais de acolhimento para as gestantes que morem distante, evitando o risco da perda do bebê e maiores riscos para a gestante durante o percurso até o local de parto. “A maternidade realizava uma média de 48 partos mensais em agosto de 2010. Atingimos uma média 140 partos mensais na época do vendaval. “Através do bom relacionamento com o Governo do Estado, a Secretaria de Saúde de Seropédica estará recebendo a doação de todo o equipamento necessário para seu funcionamento, como camas elétricas, centros cirúrgicos, berços neonatais, entre outros serviços e equipamentos”, adiantou Passos.

Antes do incidente, a Maternidade Municipal de Seropédica realizava os testes do olhinho, da orelhinha e do pezinho. Mas após a reforma a Secretaria de Saúde pretende ampliar a oferta de serviços e oferecer também cirurgias ginecológicas.

 

Fonte: Jornal Atual

Deixe uma resposta