Moção do ConsU/UFRRJ em repúdio à instalação da Central de Tratamento de Resíduos (CTR)

O Conselho Universitário da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, reunido em 21/6/2010, decidiu manifestar seu repúdio à instalação da CTR no município de Seropédica, considerando que:

a) localiza-se em rico manancial hídrico – nascentes de rios – e sobre o Aquífero Piranema;
b) é área registrada como risco de enchentes;
c) fere lei federal e estadual, e a Lei Orgânica de Seropédica;
d) interfere diretamente no tráfego aéreo da região, tanto da Base Aérea de Santa Cruz quanto da aviação civil;
e) coloca em risco patrimônio centenário de ensino, pesquisa e extensão;
f) trata-se de área de expansão urbana e não foi feita análise de riscos à população do entorno e nem avaliados os riscos no transporte de cargas perigosas;
g) impede o crescimento econômico da região, por ser área do retroporto de Itaguaí;
h) impacta diretamente áreas contíguas de assentamentos rurais.

Neste contexto, o Conselho Universitário, apreensivo com a situação, reconhece a necessidade urgente de se buscar uma solução técnica adequada para o tratamento de resíduos no Estado do Rio de Janeiro, que não seja a área em questão, e coloca à disposição das autoridades sua capacidade técnica instalada para o estudo de solução viável, em respeito à qualidade de vida da população do estado e de seu meio ambiente. Conclama as autoridades competentes – em especial a Presidência da República, os ministérios da Educação, das Cidades e da Defesa, o Governo do Estado do Rio de Janeiro e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro – para urgente abertura de efetivas negociações em busca de uma solução satisfatória.

Ricardo Motta Miranda, Presidente 

 

Postado em: 09/07/2010 às 12:01 no site da UFFRJ

 

Fonte: www.ufrrj.br

Deixe uma resposta