Novas críticas à CTR Santa Rosa

A Central de Tratamento de Resíduos (CTR) Santa Rosa, instalada na divisa dos municípios de Itaguaí e Seropédica, voltou a ser alvo de críticas durante sessão da Câmara Municipal de Itaguaí, na quinta-feira (21). O vereador Noel Pedrosa ressaltou que é impossível o tráfego de veículos de passeio no trecho da pista secundária da Rio-Santos que dá acesso ao shopping PátioMix. Segundo ele, as crateras no asfalto ali existentes são ocasionadas pela circulação de caminhões que têm como destino à CTR, que fica em Seropédica.

Caminhões de lixo passam diariamente na via em frente ao PátioMix que dá acesso a Reta de Piranema. (FOTO FLÁVIO BARBOSA )
Caminhões de lixo passam diariamente na via em frente ao PátioMix que dá acesso a Reta de Piranema. (FOTO FLÁVIO BARBOSA )

O parlamentar denunciou que há problemas ainda nas imediações da Praça de Piranema, local onde as carretas reduzem a velocidade para entrar na via que dá acesso à CTR. Ele diz que ali a quantidade de chorume despejada é imensa. “Na verdade, o lixão é de Seropédica, a arrecadação também é de Seropédica, mas todos os problemas são nossos. Os caminhões de lixo que vêm de Angra dos Reis e passam por baixo das passagens da Rio-Santos também deixam chorume cair nas estradas prejudicando o nosso aquífero”, alertou o parlamentar.

Após ouvir o colega, o presidente da câmara, vereador Nisan Cesar, sugeriu que a presidente da Comissão de Meio Ambiente, Mirian Pacheco, encaminhe ofício para marcar uma reunião com o prefeito do Rio, Eduardo Paes. “Vamos discutir com ele: se a CTR pertence à Seropédica, se a CTR recolhe o ISS em Seropédica, por que é que os caminhões passam por Itaguaí? O que nós gostaríamos é que eles fizessem um caminho alternativo por lá, entrando no viaduto Oscar Brito, seguindo pela antiga Rio-São Paulo”, questionou ele.

O vereador Nisan foi além, falando sobre os prejuízos ambientais que prejudicam os moradores próximos à divisa com Seropédica. “Nós estamos pagando o pato por uma questão que teoricamente não é nossa, uma vez que a CTR está dentro do município de Itaguaí. Na verdade, não sei por que o cidadão de Seropédica, com todo respeito, reclama tanto, já que a CTR está mais de 10 km distante do centro daquele município. Quem mora perto da CTR é parte da população de Chaperó. Estamos perdendo o asfalto da Estrada de Santa Rosa e da Reta de Piranema”, desabafou o presidente lembrando que foram feitos vários pedidos ao Governo do Estado para refazer o asfalto de Piranema. “Quem fez o asfalto daqui até a Piranema foi a Prefeitura de Itaguaí. Foi dinheiro dos impostos recolhidos no município e, que hoje está sendo danificado pelos caminhões da Comlurb”, finalizou Nisan.

Fonte: Jornal Atual

Deixe uma resposta