Os Mandamentos da dieta dos Tenistas.

Uma das tarefas mais difíceis dos nutricionistas é estabelecer uma dieta balanceada para os seus atletas, principalmente dos tenistas. Portanto, abaixo esclareço alguns mandamentos que devem ser seguidos com disciplina.

– Beba água sem gás em abundância antes, durante e depois da partida. não confie na sede como sinal de alerta, pois a sua manifestação é quase sempre tardia. O organismo já esta desidradado.

– Durante a partida, não beba água gaseificada ou açucarada. A primeira provoca aerofagia, afetando a respiração e coração; A segunda causa mais sede e nauseas.

– Antes da partida, evite os açúcares de absorção rápida como o refinado, mel e doces. Embora pareça paradoxial, este é um jeito de eliminar o risco de uma reação hipoglicêmica, que ocorre em determinados organismos devido a uma descarga maciça de insulina provocada pelos doces.

– No dia do jogo, alimente-se normalmente. Mas não creia que refeições suculentas aumentam o seu desenpenho. A água em abundância é uma recomendação.

– Evite gorduras nas refeições que antecedem as partidas, pois, a sua digestão é lenta. O mesmo é recomendado em relação aos pratos muito condimentados.

– Não creia no milagre das vitaminas, ingerindo-as em excesso. Uma alimentação balanceada as possui em número suficiente.

– Entre o termino de uma refeição e o início da partida deve haver uma pausa de três horas. Uma hora e meia antes do jogo, porém, pode-se ingerir um suco de frutas.

– Não faça da sua dieta alimentar a batalha de um único dia. Para que tenha efeitos possitivos e duradouros, ela deve ser seguida pelo menos durante um certo périodo.

– Não se esqueça que a alimentação do tenista tem que ser variada e rica em carboidratos, com uma média de 55% à 60% de calorias.

10º – Siga corretamente os mandamentos acima para que tenha sucesso na vida como um jogador de tênis.

 

Qualquer sugestão, dúvida, elogios e até mesmo críticas podem ser enviados para o e-mail jorgebeja@seropedicarj.com.br ou pelo telefone 98937425

Deixe uma resposta