Seropédica e a Estrada Rio São Paulo

Seropédica e a Rio São Paulo

A cidade de Seropédica, assim como muitas outras do País, é cortada por uma rodovia, o que fez com que seu desenvolvimento tenha sido baseado às suas margens, sem nenhum planejamento.
A impressão que temos é que estamos sempre de passagem no município. Nos últimos anos, com a reativação do pedágio na Rodovia Presidente Dutra, a BR 465, rodovia que corta o município, vem servindo para que muitos veículos, numa quantidade muito além da capacidade da rodovia passem por aqui visando fugir do pagamento da tarifa, que em alguns casos chega a ultrapassar R$ 40,00 por veículo! Para nós moradores, atravessar de um lado para outro da rodovia pode levar minutos!!
Para agravar o problema, todo comércio, rede bancária, Detran, Biblioteca, delegacia, colégios, igrejas, fórum, cartórios, posto médico, maternidade, bares e restaurantes e a própria Prefeitura ficam às margens da estrada.
Recentemente tem sido observado placas ao longo da BR 465, onde a prefeitura informa que serão feitos um posto de vistoria do Detran e o parque de exposição (ambos na altura do antigo km 42) e a rodoviária (no antigo km 54). Não seria oportuno que a prefeitura aproveitasse esses recursos para fazer a cidade crescer fora das margens da estrada? Por que não buscar o desenvolvimento de Seropédica mais a longo prazo? Nas três placas propostas, o entorno é patrimônio público (áreas pertencentes a Universidade (km 42) e ao antigo DNER (km 54). Com isso a prefeitura perde a chance de puxar o desenvolvimento do município para fora da rota da rodovia. Como o comércio dessas áreas vai se desenvolver se as terras do entorno são públicas? Somente o Poder público é capaz de reverter essa situação. Planejem e pensem um pouco mais no futuro, como se fossem passar o resto de suas vidas morando aqui, e com certeza mudarão de idéia. Obras na beira de estrada têm maior visibilidade, mas é um péssimo exemplo de administração e planejamento de área pública.
Planejar antes de fazer é fundamental e pensar a longo prazo, é mostra de Cidadania e respeito ao dinheiro público. Ainda há tempo de refletir e alterar o que for possível. Seropédica é um dos maiores municípios do estado, e área para puxar o desenvolvimento para o interior não falta. A Rua 1, Rua 11, todo o Boa esperança, a rua da ponte, todo o km 39 até o km 42, sem falar Cacaria, Santa Sofia, São Miguel e tantos outros espaços que atualmente estão vazios, etc… Para definir para onde o município pode crescer é preciso disposição para encarar os buracos no asfalto de nossas ruas e que a prefeitura resolva atuar como tal, pois afinal, Merecemos respeito!

Um forte abraço e até a próxima!

Daniel Dassaiev é morador de Seropédica e não tem a menor intenção de entrar para a política.

Deixe uma resposta