Sujeira e preocupação no Bairro Boa Fé

Título Original: Sujeira e preocupação em Seropédica

O bairro Boa Fé foi fundado há 22 anos. Os mais de mil moradores nunca tiveram acesso a rede de esgoto. Toda a região é cortada por uma vala negra.

Há muitas crianças no bairro. O medo é de que elas peguem alguma doença. “Tem lugar em que você não pode nem passar. O esgoto fica na rua. Você não tem como passar”, afirmou um morador.


Não chove na região há quase um mês. Mesmo assim, muitas ruas ficam cobertas de água e esgoto. Os moradores ficam praticamente ilhados. “Nós passamos por esse problema no conjunto Boa Fé. A lama gera mosquito dia e noite aqui no local”, conta Milton, que mora com diversas crianças.

A rede de água potável chegou ao bairro no ano passado, mas o projeto de saneamento básico, antiga reivindicação dos moradores, não sai do papel. Em 2005, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) assinou um convênio com o governo do estado para a construção de uma estação de tratamento no bairro, uma obra que deve ser realizada pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae). Até hoje, nada foi feito.

“São seis milhões de reais que se encontram na Ceade. Isso comprova a venda da Fundação Nacional da Saúde. Queremos essa obra para ontem, para já”, explica Mariano Satori, da associação de moradores.

A Cedae confirmou que o dinheiro para a obra oi liberado pelo Governo Federal e está no Tesouro do Estado, aguardando a execução do projeto e a escolha da construtora para fazer o serviço.O problema, segundo a Cedae, é que o projeto da estação de tratamento, feito em 2005, tem um custo muito alto.

Então, está sendo feita uma reformulação no projeto. Os técnicos dizem que existem outras maneiras mais baratas de fazer a estação. O novo projeto deve estar pronto em 45 dias. A expectativa do governo do estado é começar a construção no segundo semestre deste ano.

Fonte: RJTV em 29/04/2008

Deixe uma resposta