Moradores de Cacaria relatam dificuldades para pagar conta de luz

Moradores de Cacaria, em Piraí, enfrentam dificuldades com a cobrança de energia elétrica. Eles querem pagar a conta de luz e não conseguem porque a cobrança não chega e nenhum funcionário da concessionária de energia vai até as casas para fazer a medição do consumo.

Já faz dois meses que o Pablo Lima da Silva não recebe a conta em casa e pior, que ninguém aparece para fazer a leitura do relógio.

“Mas não é porque a população não quer pagar. A população quer pagar, porém não está tendo esse serviço prestado, que é a leitura dos relógios e a entrega de faturas. Já dois meses que não vem funcionário nenhum da Light fazer isso”, explicou Pablo, que é motorista.

Para conseguir pagar a conta, ele e os outros 1,3 mil moradores do distrito precisam ir a uma agência da concessionária de energia para solicitar uma segunda via. A mais próxima fica em Seropédica. São quase 20km e ainda tem o gasto com pedágio.

“E a questão é, e aquelas pessoas que não tem condições de se deslocar até Seropédica, que não tem condições de acessar a internet, eles ficam a deriva esperando e é um transtorno para a população. Qualquer momento a light pode chegar e fazer o corte,” completou Pablo.

“Então se eles tirassem a conta aqui e viesse a conta era bem melhor, né” contou um morador de Cacaria.

Sem ter certeza se o valor que estão pagando é o correto, os moradores não sabem mais o que fazer. “Quando vier a conta de luz, ai como é que eu vou pagar essa conta de luz, meu filho. Vem uma coisa absurda,” contou uma moradora.

“Eu vou fazer o meu papel. Eu vou lá tirar minha segunda via, vou guardar para problemas futuros,” explicou outro morador.

“A gente fica com medo, né. A gente não vai lá pagar a conta eles podem vir aqui e cortar nossa luz,” contou uma moradora

A Light informou que não rompeu contrato com qualquer empresa de entrega de contas para Cacaria, e disse que vai enviar uma equipe ao local, ainda nesta segunda-feira (27), para verificar o motivo da não medição e não recebimento das faturas pelos clientes.

Fonte: G1- TV Rio Sul

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.