Secretários visitam obras

Os secretários de Planejamento, Wilson Beserra, e de Obras, Fernando Barros, visitaram três das principais obras que estão sendo realizadas em Seropédica, conhecendo o andamento dos serviços na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), na maternidade municipal e na Escola Estadual Municipalizada Santa Sofia.

OS SECRETÁRIOS encontraram a Escola Municipalizada Santa Sofia em fase final de reconstrução. (FOTOS DIVULGAÇÃO / LUIZ CALDERINI)
OS SECRETÁRIOS encontraram a Escola Municipalizada Santa Sofia em fase final de reconstrução. (FOTOS DIVULGAÇÃO / LUIZ CALDERINI)

No canteiro de obras da UPA 24h o secretário de Planejamento falou sobre sua expectativa com relação à inauguração e os benefícios que serão colocados à disposição dos moradores. “As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como tratamento da pressão e febre altas, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais de outros municípios”, enfatizou Wilson Beserra.

O secretário disse ainda que a UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. De acordo com Wilson Beserra, a reforma e ampliação do hospital maternidade fazem parte das medidas para concretizar a política de assistência em saúde do governo. “A conclusão da obra do hospital deverá ser no início do mês de fevereiro. Com isso, as futuras mamães poderão ter seus filhos na cidade, já na maternidade municipal”, arrematou.

Durante a visita à Escola Estadual Municipalizada Santa Sofia, o secretário Fernando Barros ressaltou a importância da obra realizada na unidade. “Em breve, a população vai receber uma unidade escolar com melhorias como salas amplas, climatizadas e banheiros com acessibilidade para portadores de necessidades especiais”, explicou Fernando Barros, assegurando que a unidade foi construída segundo as normas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.